O que você procura

Qualidade no atendimento



O Hospital ocupa uma área de aproximadamente 10 mil m2 em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, possui mais de 200 leitos, entre os setores de internação, terapia intensiva, semi-intensiva e emergência, para pacientes adultos e crianças.
 
Inaugurado em março de 2009, o Hospital Rios D'Or (RJ), unidade pertencente à Rede D’Or São Luiz, deu um passo importante no cumprimento de sua missão de “ser um hospital de excelência para cuidar das pessoas”: passou a integrar o seleto grupo de hospitais acreditados pela Joint Commission International (JCI), representada exclusivamente no Brasil pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação.
 
 
Confira abaixo entrevista com  a enfermeira e coordenadora da Qualidade do hospital, Caroline Lima de Mattos Canto, sobre a importância da acreditação.
 
 
 
O Hospital Rios D'Or recebeu seu primeiro selo de qualidade ao ser acreditado pela Joint Commission International (JCI), em maio último. Por que escolher a acreditação internacional da JCI/CBA?
 
A Acreditação JCI para o Hospital Rios D’Or foi uma decisão estratégica da alta liderança da Rede D’Or São Luiz, tendo em vista toda a expertise desta instituição avaliadora, líder mundial em acreditação em padrões de qualidade assistenciais e administrativos.
 
Quais as dificuldades enfrentadas para atender os padrões do Manual de Acreditação da JCI para Hospitais?
 
O grande desafio para a instituição, no início, era promover a visão integrada de todos os padrões. Para isso, nos organizamos em “TIMES” assistenciais e administrativos multidisciplinares, o que permitiu a melhor compreensão e implementação dos padrões de qualidade. O desafio atual é manter o “TIME” com o mesmo foco, mesmo ritmo na busca contínua por melhorias.

Entre as melhorias implementadas de maior impacto para a segurança do cuidado podemos destacar os protocolo de dor, RPA (Recuperação Pós-Anestésica), políticas e procedimentos para as Metas Internacionais de Segurança do Paciente.

Até hoje, apenas o Copa D’Or era o único hospital da Rede D’Or, e também entre os hospitais associados, a ser acreditado pela JCI. O que representa essa conquista do Rios D’Or?
 
Ser o segundo hospital da Rede a ser acreditado pela JCI é motivo de orgulho para um hospital jovem como o nosso que, aos cinco anos de inauguração, torna-se hoje referência de qualidade no atendimento ao paciente no contexto nacional e internacional. Ao longo deste período, da preparação até a conquista do selo, percebemos o quanto evoluímos em nossos processos. 
 
Em 2013, o Dr. Jorge Moll, responsável pela criação da Rede D’Or, declarou em entrevista, que a acreditação torna o hospital mais seguro, ajudando na melhoria dos processos e no trabalho em equipe multidisciplinar. Quais resultados foram obtidos nesses aspectos?
 
Resultados importantes foram identificados com a implementação das Metas Internacionais de Segurança em nossa instituição. Com base nos propósitos do manual, adequamos os ideais para a nossa realidade e reforçamos o papel de cada membro da equipe multidisciplinar nestas práticas seguras. Também alcançamos bons resultados com a estruturação do processo de identificação das necessidades educacionais de pacientes e familiares, aproximando cada vez mais a família e o paciente nos cuidados prestados.
 
Um resultado que merece destaque se refere às quedas de pacientes na instituição. Ao longo do ano de 2013, o perfil de pacientes vítimas de quedas era representado por pacientes idosos, sem acompanhante e internados em unidade aberta. Pelo menos 50% dos danos decorrentes das quedas agravavam o quadro dos pacientes. A partir do gerenciamento dessas quedas e maior envolvimento de familiares no processo, conseguimos traçar ações mais efetivas e direcionadas para a população afetada. Com isso, identificamos uma sensível mudança no perfil das quedas, no perfil da população afetada e, o mais importante, eventos classificados como “sem danos”/“danos leves” ao paciente.
 
Como a Acreditação JCI ajudou o Rios D’Or a otimizar o número de internações e atendimentos da Emergência?
 
O selo de Acreditação é recente, mas trouxe-nos melhoria no processo de controle e gerenciamento de leitos. Nossas reuniões atualmente são diárias e contam com a participação das lideranças médicas, de enfermagem, hotelaria e higiene, internação e direção. Estes encontros promovem o planejamento e dão dinamismo ao processo de internação.
 
A Acreditação JCI é considerado um instrumento de apoio ao gestor para que o hospital tenha melhorias contínuas nas áreas assistencial, financeira e mercadológica?
 
Sem dúvida. A acreditação é um caminho sem volta e direciona a instituição na busca contínua de melhorias na qualidade e segurança do serviço prestado. Este caminho nos mostra que todos os elementos da linha de cuidados são importantes para um bom resultado: atendimento de qualidade e segurança ao paciente. Desta forma, é imprescindível um alinhamento dos papéis para que cada um identifique o seu negócio e o realize de forma efetiva.